Como escolher um software antivírus

Devido ao avanço tecnológico, muitas empresas e pessoas ao redor do mundo arquivam seus documentos mais importantes na rede de seus computadores, no entanto, existem ameaças que podem corromper as máquinas e roubar ou copiar dados importantes, daí a necessidade de um software antivírus. Mas o que se deve levar em conta na escolha de um antivírus?

Saiba aqui neste artigo qual a função e o que considerar antes de escolher um antivírus para o seu computador ou smartphone.

Como funciona um software antivírus?

O software antivírus ajuda a proteger o seu computador contra malware e cibercriminosos. O software antivírus analisa dados – páginas da web, arquivos, software, aplicativos – viajando pela rede para seus dispositivos. Ele procura ameaças conhecidas e monitora o comportamento de todos os programas, sinalizando comportamentos suspeitos.

 A proteção antivírus é essencial, dada a variedade de ameaças cibernéticas constantemente emergentes. Se você não tiver um software de proteção instalado, poderá correr o risco de pegar um vírus ou ser alvo de outro software mal-intencionado que pode permanecer sem ser detectado e causar estragos em seu computador e dispositivos móveis.

Se você já possui um software antivírus, pode acreditar que está seguro, no entanto, não é tão simples assim. Com novas ameaças cibernéticas e vírus surgindo, é importante manter-se atualizado com a mais recente proteção antivírus.

Critérios para ajudá-lo a obter a melhor proteção antivírus

Usabilidade
Se a operação diária de uma solução antivírus exigir habilidades especiais, pode ser impraticável para muitos usuários. Qualquer produto antivírus que seja difícil de usar, faça perguntas complexas ao usuário ou precise que ele tome decisões difíceis provavelmente aumentará as chances de “erros do operador”. Em alguns casos, se o software antivírus for muito difícil de executar, o usuário poderá simplesmente desativá-lo.

Proteção abrangente

Uma solução antivírus deve oferecer proteção constante a todos os domínios do computador, todos os tipos de arquivos e todos os elementos de rede que possam estar sujeitos a ataques de  vírus ou outros malwares. O programa deve ser capaz de detectar códigos maliciosos e também proteger todos os canais ou pontos de entrada do computador – incluindo email, Internet, FTP e muito mais.

Confiabilidade
Mesmo a solução antivírus mais completa pode ser absolutamente inútil se entrar em conflito com outro software em execução no seu computador. Se esses conflitos levarem a um mau funcionamento ou a uma suspensão temporária dos processos de proteção antivírus, isso poderá deixá-lo vulnerável.

Qualidade da proteção

Se você precisa de uma solução de segurança antivírus da Apple ou do Windows, cada um precisa poder operar em um ambiente agressivo que muda constantemente – com novos vírus de computador, worms e vírus de Trojan que podem ser muito mais complexos do que os malwares conhecidos anteriormente, e pode incluir novas maneiras de evitar as ações de programas antivírus.

A qualidade da proteção depende em parte do seguinte:

  • Eficácia dos processos de detecção de malware
  • Frequência e regularidade das atualizações
  • Capacidade de remover infecções do computador
  • Eficiência na entrega da proteção do computador – sem impacto significativo no desempenho do mesmo.

Esses são alguns itens que devemos avaliar ao escolher um software antivirus free, além de mantê-lo sempre atualizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *